Questões frequentes


  • Os habitats da TECdream são inovadores e modernos, dado que exploram uma tecnologia construtiva rápida, precisa, e ecologicamente sustentável. Os habitats da TECdream têm excelente isolamento térmico e acústico, são muitíssimo seguros contra incêndios, e proporcionam uma qualidade
    superior do ar no interior de cada casa. Dado este grande isolamento térmico, o sistema construtivo ICF permite poupanças com climatização na ordem dos 50% . Além disso, uma casa de tamanho normal demora em média apenas 4 a 5 meses a estar pronta para habitar.
    A construção da TECdream requer uma manutenção extremamente reduzida, pois envolve materiais de elevada durabilidade e resistência mecânica, dos quais se destaca o betão-armado e as argamassas fibro-reforçadas.
    Num edificado TECdream não está sujeito a problemas associados às contrações e dilatações de materiais usuais em construções de madeira, nem a problemas de corrosão habituais em construções metálicas.
    Os blocos TECdream estão preparados para receber diretamente qualquer tipo de acabamentos, sem ser necessário adicionar qualquer tipo de isolamento térmico. As paredes exteriores habitualmente são acabadas com argamassas fibro-reforçadas à cor pretendida (Sistema ETICS), podendo no
    entanto aplicar-se outro tipo de revestimento, como por exemplo cerâmicos, fenólicos ou pedra. As paredes interiores também dispõe de uma variado leque de acabamentos, como por exemplo reboco afagado, estuque, cerâmicos, pedra ou madeira.
    Sim. A patologia mencionada resulta usualmente da presença de humidade ascensional nas paredes que conduz a uma acelerada degradação física e estética dos rebocos e alvenaria, sendo caracterizada por uma mancha de humidade geralmente na base das paredes e pelo aparecimento de manchas esbranquiçadas.
    Ao se recorrer ao sistema construtivo da TECdream esse tipo de patologias é praticamente eliminado, pois a capacidade de absorção de água do EPS é insignificante (<2%) quando comparado com o nível de absorção das argamassas e alvenarias. De qualquer forma, todas as paredes enterradas deverão ser sempre devidamente impermeabilizadas.
    No que diz respeito à fixação de materiais leves (ex: quadros), é importante referir que não é o tijolo que suporta esses elementos na construção tradicional. O que oferece capacidade de resistência são os acabamentos (estuque ou reboco). Uma vez que os acabamentos a aplicar sobre o EPS serão idênticos, essas argamassas poderão facilmente suportar elementos relativamente leves.
    No entanto, quando se pretende aplicar nas paredes elementos pesados (ex: armários, televisões) apenas tem que se ter o cuidado de recorrer a parafusos de betão com comprimento suficiente para atingir o betão (usualmente: 12cm), não sendo necessário recorrer a buchas químicas como ocorre em paredes de tijolo.

  • A instalação das infraestruturas hidráulicas e elétricas nunca foi tão simples, uma vez que as mesmas serão embebidas no painel interior de EPS com 65mm de espessura, que é fácil e rápido de cortar.
    Com o sistema ICF deixam de existir roços em betão armado e alvenaria, que prejudicam a estrutura, são morosos e criam resíduos.
    Correto. Apenas é necessário aplicar o escoramento de um dos lados, pois os painéis estão interligados por conectores de HDPE (Polipropileno de Alta Densidade). Portanto, ao se garantir o adequado escoramento e aprumamento do lado interior da parede,
    a parede exterior também apresentará as mesmas características, sem que seja necessário efetuar operações adicionais. Salienta-se, no entanto, que o espaçamento entre escoras não deverá ser superior a 1,20 metros.
    Sim. É possível efetuar uma betonagem de uma parede com 3 metros de altura numa só operação. A mesma é efetuada em camadas com um máximo de 0,75 metros de altura. Usualmente o início da betonagem de cada camada é desfasada em 1 hora. Destaca-se que para evitar a a possibilidade de ocorrer o fenómeno de desagregação dos elementos do betão, devido à altura de betonagem, deve-se recorrer a uma contra-curva (ver fotografia em baixo) que se instala na extremidade da bomba de betão, reduzindo assim a velocidade de saída do betão.
    Salienta-se também que a dimensão do agregado do betão deverá ser inferior a 16mm, para que seja possível garantir uma adequada vibração do betão. A vibração do mesmo deverá ser efetuada por intermédio de um vibrador com diâmetro de sensivelmente 25-38mm.
    Usualmente na construção tradicional procede-se à rega do betão devido ao facto do mesmo perder por evaporação muito rapidamente a água da mistura, que é fundamental para a correta hidratação do betão. Com o sistema construtivo da TECdream não ocorre a evaporação de água mencionada porque as superfícies dos muros não estão diretamente expostas ao vento e ao sol,
    uma vez que estão devidamente isoladas pelo EPS. Como tal, o sistema construtivo TECdream proporciona uma cura adequada do betão, sem que seja necessário efetuar operações adicionais após a betonagem, minimizando assim erro humano e melhorando naturalmente as características de resistência do betão.
    Em primeiro lugar, o desperdício resultante do sistema construtivo TECdream é residual (3%) quando comparado com o desperdício da construção tradicional (15-20%). De qualquer forma, os produtos da TECdream são compostos por EPS (Poliestireno Expandido) e por HDPE (Polipropileno de Alta
    Densidade), que podem ser reciclados ou facilmente incorporados na construção do edificado. É usual proceder-se à trituração do EPS que posteriormente fará parte da composição dos enchimentos leves a executar em diferentes partes do edificado.

Deixar uma resposta

Siga-nos

newsletter

Pin It on Pinterest